babylonzn (babylonzn) wrote,
babylonzn
babylonzn

  • Mood:
  • Music:

Bilingue? Tri? Hexa? ;)

Admito desede já que parece não ter muita relevância em que língua estes posts vão sendo. Línguas alternadas acaba por ser uma expressão que me atrai. Mas isso é meio redutor, não é?
Vou tentar desenferrujar o meu português nativo, e ficar por aí, por aqui, por uns tempos. Quem me ler verá. Aviso aos puristas: é português luso-brasileiro, euro-afro-tropical, timorense e macaense. Dispenso correcções do tipo "este acento devia ser circunflexo" ou "este vocábulo é um regionalismo/brasileirismo/portuguesismo/nordestino/alentejano/caboverdeano". Se deu para ver que era e encontrar sinónimo, deu para compreender.

Agora eu e as agruras da vida e as saudades de Elis e a minha recém-diagnosticada epilepsia (sob controle, por enquanto)

Aqui eu vou desabafar como era boa a vidinha que eu levava antes. Mas isso é projecção. Retro-projecção ^_^
Saudades da minha Mãe de minhas avós, meus avôs. Sou filho único. Minha família é de 2. Eu (34 beirando os 35) e o meu pai (67 anos nesse mês passado).

Amigos "offline" tenho talvez 2. Com longos intervalos. Mais uma por carta. Talvez uns três por telefone, mas tenho e sempre tive fobia desse aparelho. Mais ainda de celulares. Telemóveis. Cadê o corrector de língua portuguesa desse troço?

Sou musical como sou ser que respira. Ouvindo, cantando, tocando.
Sou gay na teoria e no ADN. Não na prática. Na prática sou mais é nada e sonhos e fantasias... Masturbação conta?

Sou viajante sem dinheiro, cinéfilo de morrer. Até morrer.

Perdi a esperança na Humanidade, não nos seres humanos. A turba assusta-me. E alguns jornalistas/colunistas de direita-cristã que se encostam em nacionalismos neo-fascistas também.
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic

    Your reply will be screened

    Your IP address will be recorded 

  • 0 comments